Estas são as caminhadas que você tem que fazer se vier ao Chile.

O circuito W no Torres del Paine é o mais famoso que temos no Chile e a trilha de O é provavelmente uma das mais bonitas, mas estes não são os únicos trekkings na Patagônia que deixam você sem fôlego pela beleza de suas paisagens .

A Patagônia tem 1.043 quilômetros quadrados no total, 1.043 quilômetros de florestas, vales, montanhas, rios, lagos, geleiras, fiordes e pampas. Se você é um daqueles que buscam a rota menos viajada, daqueles que escapam das multidões de pessoas ou aqueles que anseiam por contato com a natureza, você vai adorar os cinco trekkings sobre os quais falamos abaixo:

  • Parque Nacional Cerro Castillo

Localizado a apenas 64 quilômetros ao sul de Coyhaique, o Parque Nacional Cerro Castillo  é um dos segredos mais bem guardados pelos entusiastas do trekking. Aqueles que estiveram lá admitem que suas paisagens são tão espetaculares quanto as de Torres del Paine.

De vales, florestas, montanhas de granito, uma lagoa e uma geleira, o Parque Cerro Castillo não tem nada a invejar para a oitava maravilha do mundo. Cerro Castillo e Cerro Iglesia protagonizam a espetacular vista panorâmica do parque, assim como as Torres em Torres del Paine.

Declarado parque nacional há apenas dois anos, este território protege espécies da fauna chilena como o huemul, o puma, o guanaco e a raposa colorada, entre outros. Vá encontrá-lo antes que ele esteja cheio de turistas!

  • Vale do Cochamó

 Conhecido como o Yosemiti chileno, Cochamó é um belo vale que possui montanhas íngremes de granito, lagoas azul-turquesa e cachoeiras com escorregadores naturais.

Na área existem cerca de sete trilhas classificadas de acordo com o nível de dificuldade. A mais conhecida é o Anfiteatro, um caminho de quatro horas que atravessa uma floresta exuberante e culmina em uma montanha cercada por enormes paredes de granito.

Outra das trilhas conhecidas é o Arcoíris, que passa por florestas de larício de 3.000 anos, algumas das mais antigas do continente.

A melhor época para ir é entre novembro e março, durante a temporada de verão, quando as chuvas diminuem.

  • Dientes de Navarino

A trilha que atravessa o cordão montanhoso Dientes de Navarino, na Terra do Fogo, é considerada o trekking mais austral do mundo e um dos mais desafiadores do Chile. Localizado em uma área ainda mais remota que Torres del Paine, é um circuito de 6 dias que passa por florestas do estreito Magalhães de coihues, lengas e ñirres; mirantes com vistas panorâmicas espetáculares do Canal de Beagle e da Cordilheira Darwin; e visões únicas às pontas afiadas que deram o nome a trilha.

Neste trekking de alto nível também é possível ver florestas de musgos e líquenes em miniatura, algumas das quais não podem ser encontradas em nenhum outro lugar do mundo.

A melhor data para fazê-lo é no verão, de dezembro a março. Recomenda-se ir com um guia experiente desde que não há sinais de civilização na trilha, muito menos lugares para comprar suprimentos. É ainda mais provável que você encontre fauna endêmica do que outro ser humano nessa trilha. É necessário levar alimento e água na mochila, bem como equipamento de camping e kit de primeiros socorros.

Para chegar ao início da trilha em Puerto Williams você tem que pegar um vôo de Punta Arenas.

  • Vulcão Villarica

A subida ao vulcão Villarica em Pucón é um dos trekkings mais adrenalínicos do Chile. Suas encostas íngremes cobertas de neve não são fáceis de conquistar. É necessário subir com grampos, um machado de gelo e um guia experiente que sabe o que fazer em caso de avalanche ou queda de rochas. A tudo isso se soma o fato de saber que é um vulcão ativo, o que torna a experiência muito mais emocionante. A recompensa quando você chega ao topo é ver a cratera em ação, a incrível paisagem do sul e a descida de esqui.

  • Parque Nacional Conguillio

Este maravilhoso parque de florestas milenares, vulcões e lagoas coloridas é um dos mais belos do Chile. Lar de centenas de araucárias, uma árvore representativa do nosso país e a segunda mais antiga do Chile, oferece trilhas que entram no mais profundo da cordilheira dos Andes, na região de Araucanía. Uma de suas trilhas mais conhecidas é a Sierra Nevada, que em seus 10 quilômetros inclui vistas incríveis da lagoa Conguillio, do vulcão Llaima e de algumas geleiras.

Lar de pumas, raposas cinzentas, gatos guiña, condores e águias este parque goza de sua melhor temporada no outono, quando as árvores são tingidas com tons avermelhados e as massas de turistas estão a kilometros de distância do território.

É possível acampar no parque, bem como alugar cabanas com banheira de hidromassagem e fogão a lenha. Se você tiver uma boa câmera, não deixe de levá-la porque suas paisagens não o deixarão indiferente.

Viva a experiência

  • Trekking Vulcão San José

    Trekking Vulcão San José9 Horas

    Trekking ao vulcão San José, localizado na Cordilheira dos Andes no Cajón del Maipo, a poucos quilômetros do centro de Santiago.

    • DesdeCLP $120.000por pessoa
    • DesdeUS$150por pessoa
  • Excursão Geleira El Morado

    Excursão Geleira El Morado12 Horas

    Venha conhecer as paisagens da Cordilheira dos Andes em um trekking até o Monumento Natural El Morado localizado no Cajón del Maipo,…

    • DesdeCLP $135.000por pessoa
    • DesdeUS$169por pessoa
  • Hiking pelo Parque Nacional Conguillio

    Hiking pelo Parque Nacional Conguillio10 Horas

    Hiking para conhecer as melhores paisagens da Cordilheira dos Andes no Parque Nacional Conguillío. Visitaremos o Vale da Lua, uma…

    • A Pedido
    • A Pedido