Quando, onde, o que e como. Tudo o que você precisa saber sobre uma das partes mais importantes de toda a Polinésia.

Em fevereiro de cada ano os habitantes da ilha mais remota do planeta celebram sua cultura tradicional com um enorme festival de cores, música, dança, tradições e uma competição apaixonada.

São duas semanas em meados de fevereiro nas quais as pessoas da Páscoa deixam de lado suas tarefas rotineiras, vestem-se em seus trajes tradicionais e participam desta espetacular celebração cultural.

O nome dessa grande festa é Tapati Rapa Nui, que significa "semana de Rapa Nui". A celebração, que atrai turistas de todo o mundo, nasceu há 40 anos com as "festas da primavera" que são comemoradas no Chile. Atualmente, o Tapati é uma homenagem às tradições do povo de Rapa Nui e se tornou um dos mais importantes festivais tradicionais em toda a Polinésia.

Durante o Tapati Rapa Nui todos os olhos estão na competição de clãs, cada um dos quais representa uma candidata para a Rainha do Festival. Um dos desafios mais emocionantes do festival é o Taua Rapa Nui, o triathlon da Ilha de Páscoa que acontece no impressionante vulcão  Rano Raraku.

O Taua Rapa Nui é dividido em três partes: o Pora, barcos a remos; o Aka Venga, corre ao redor do lago carregando cachos de banana; e Vaka Ama, nadam do outro lado do rio com a ajuda de uma pequena prancha de junco.

O Takona é outra competição que atrai a atenção de viajantes e moradores locais. Os homens jovens pintam seus corpos com corantes naturais misturados com barro e são julgados de acordo com a estética e o simbolismo dos desenhos. Mas, sem dúvida, a competição mais aplaudida é a do Haka Pei, em que doze homens semi-nus descem por uma colina em uma espécie de trenó feito de troncos de bananeira. O desafio cheio de adrenalina ocorre nas encostas do Morro Pui, a 120 metros de terreno íngreme que faz com que os competidores alcancem velocidades de até 70 quilômetros por hora.

Corridas de cavalos à tarde e competições de dança à noite também fazem parte desta grande festa cultural, assim como a comida.

Não podem faltar os pratos típicos em uma festa tradicional dessas proporções. No caso de  Rapa Nui, a estrela é o umu tahu, um gigante assado de carne e peixe para toda a comunidade.

Viva a experiência